Hospitais fazem triagem para separar casos de coronavírus urgentes dos que podem ser tratados em casa

Os containers, ao lado do Hospital Emílio Ribas, referência em infectologia, vão abrigar um centro de triagem do covid-19. Ao triar pacientes menos graves, evita-se  que eles entram em contato com o ambiente hospitalar. Se o caso for grave, com síndrome respiratória, por exemplo, o paciente com coronavírus é internado imediatamente. Cinco destes locais vão funcionar na rede pública da capital paulista. Na rede privada, o Hospital Moriah, já faz a triagem desde a semana passada. A equipe de atendimento vai passar agora a usar roupas especiais de proteção quando tiver contato com pacientes infectados.

Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda uma versão exclusiva para o digital.