IBGE divulga estatísticas do registro civil de 2018

Na saída de uma festa, no centro histórico de Salvador, Bruno foi assassinado. Ele foi um dos 24 mil brasileiros de 15 a 24 anos, que morreram de forma violenta no ano passado. Um aumento de 13% na comparação com o ano anterior. Pelo terceiro ano consecutivo, a Bahia está no topo dos estados com mais jovens mortos, em números absolutos: foram cerca de 3 mil.

Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda uma versão exclusiva para o digital.