JR na TV Idosa que passou 72 anos em condição análoga à escravidão ainda se recupera no Rio

Idosa que passou 72 anos em condição análoga à escravidão ainda se recupera no Rio

Vítima trabalhou para a mesma família desde os 12 anos de idade

No Rio de Janeiro, uma idosa ainda se recupera após ter sido resgatada de uma situação análoga à escravidão. Ela passou 72 dos seus 85 anos de vida sendo vítima de exploração do trabalho. Esse é o caso mais longo de situação semelhante à escravidão já registrado no Brasil.

Últimas