JR na TV Instituto Butantan vai pedir à Anvisa autorização para uso emergencial da CoronaVac

Instituto Butantan vai pedir à Anvisa autorização para uso emergencial da CoronaVac

Enquanto a autorização não é concedida, a produção segue a todo vapor. Nesta primeira etapa, estão sendo feitos ajustes no processo de produção da vacina. O lote de 600 litros de matéria-prima, que chegou na semana passada, é suficiente para o primeiro milhão de doses. Depois do controle de qualidade, o estoque é armazenado em local sigiloso. Na fábrica, 40 profissionais trabalham sem parar no processo de envasamento e rotulagem das ampolas de CoronaVac. O imunizante está em fase final de análise dos testes clínicos em humanos para comprovar a eficácia. Os resultados devem seguir para aprovação da Anvisa já na semana que vem.

Últimas