JR na TV Integrante do Hezbollah é condenado 15 anos após atentado que matou primeiro-ministro do Líbano

Integrante do Hezbollah é condenado 15 anos após atentado que matou primeiro-ministro do Líbano

Quinze anos após a morte do primeiro-ministro do Líbano, Rafik Hariri, um integrante do grupo Hezbollah foi condenado. O julgamento aconteceu em um momento conturbado do país, após a explosão no porto de Beirute. Salim Ayyash, julgado desde 2014, foi considerado culpado de cometer conspiração por cometer ato terrorista.

Últimas