JR na TV Investigação revela como atua uma das maiores milícias do Rio de Janeiro

Investigação revela como atua uma das maiores milícias do Rio de Janeiro

Criminosos tinham acesso ao banco de dados da Secretaria de Administração Penitenciária e também das polícias civil e militar

No Rio de Janeiro, conversas entre milicianos que foram interceptadas pela Polícia Federal e pelo Ministério Público, mostraram que criminosos da quadrilha de Luís Antonio da Silva Braga, o Zinho, tinham informações privilegiadas sobre milicianos rivais. Eles também tinham acesso ao banco de dados da Secretaria de Administração Penitenciária e também das polícias civil e militar.

Últimas