José Serra é alvo da Lava Jato em operação contra crimes eleitorais

A investigação sobre doações de campanha não informadas à Justiça Eleitoral voltou a ter como alvo o senador José Serra, do PSDB. Ela faz parte da operação Lava Jato, que apura crimes de lavagem de dinheiro, associação criminosa e falsidade ideológica eleitoral. Nesta terça-feira (21), agentes estiveram em imóveis do senador e na Qualicorp, uma operadora de planos de saúde. José Seripieri Júnior, fundador da empresa, foi preso suspeito de ter financiado por meio de caixa dois a campanha de Serra em 2014.