Justiça autoriza prisão domiciliar a Fabrício Queiroz

O presidente do Superior Tribunal de Justiça aprovou o pedido de habeas corpus feito pela defesa do ex-assessor parlamentar Fabrício Queiroz. João Otávio Noronha transformou o regime que era prisão preventiva para prisão domiciliar. O STJ afirma que levou em conta o estado de saúde de Queiroz, considerado parte do grupo de risco do coronavírus. Fabrício Queiroz deve informar o endereço em que vai permanecer.

Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda uma versão exclusiva para o digital.