Justiça do RJ determina volta do pedágio na Linha Amarela

A prefeitura do Rio de Janeiro anunciou o fim do contrato com a concessionária que explora a via expressa que liga as zonas norte e oeste da cidade. E, no fim da noite de ontem (27), começou a desativar as cabines de pedágio. Porém, horas depois, a justiça restabeleceu a cobrança nos dois sentidos da via. Enquanto o serviço não for retomado, a prefeitura terá de pagar multa de R$ 100 mil por dia. A administração municipal pretende recorrer da decisão.

Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda uma versão exclusiva para o digital.