Justiça reconhece vínculo empregatício entre app de entregas e motoboys

Jornadas de no mínimo dez horas por dia para um rendimento em torno de R$ 2.500 por mês. Muitos motoboys trabalham na informalidade e, a maioria, sem folgas definidas. Foi contra essa situação que o Ministério Público do Trabalho de São Paulo entrou com uma ação coletiva contra uma das empresas de entregas por aplicativo.

Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda uma versão exclusiva para o digital.