JR na TV Levantamento aponta que 224 jornalistas brasileiros morreram vítimas da covid-19

Levantamento aponta que 224 jornalistas brasileiros morreram vítimas da covid-19

Mesmo tendo sido incluídos entre os serviços emergenciais, profissionais de imprensa não fazem parte do PNI

O Brasil é o segundo país do mundo, onde mais morrem jornalistas, vítimas da covid-19, só perde para a índia. Apesar de terem sido incluídos no decreto do governo, sobre serviços emergenciais, os profissionais de imprensa não fazem parte do grupo prioritário, no Programa Nacional de Imunização. Um levantamento feito pela Federação Nacional dos Jornalistas, mostra que no ano passado foram notificadas oito mortes por mês e no primeiro trimestre deste ano, o número mensal subiu para 29, praticamente uma morte por dia. Desde o começo da pandemia, o coronavírus já matou 224 jornalistas no Brasil.

Últimas