Mãe vê filho recém-nascido pela primeira vez após dois meses em coma

Após dois meses de espera, mãe e filho puderam se encontrar pela primeira vez. Maryane, ainda grávida, foi internada no Ceará em estado grave, com covid-19. Após a mãe entrar em coma induzido, a equipe médica decidiu fazer o parto do bebê, mesmo prematuro, para salvar a vida de ambos. A mãe teve alta, mas José Bernardo foi diagnosticado com o novo coronavírus, assintomático, e teve que vencer outras complicações de saúde causadas pelo parto prematuro antes do tão esperado encontro. Depois de 37 dias, os médicos e a família comemoram o primeiro contato entre mãe e filho.