Menino morto durante operação da polícia no RJ foi atingido por bala de fuzil

Segundo moradores da região, a casa onde o jovem morava tem cerca de 70 marcas de tiro. O projétil perfurou a barriga do menino, na altura do estômago, e foi encontrado na parte de trás do ombro, próximo da clavícula. Agora, os investigadores esperam pelo exame de confronto de balística que vai determinar de qual arma partiu o disparo. Três fuzis e uma pistola que estavam com os policiais envolvidos na ação serão analisados. A polícia espera ainda pelo depoimento do piloto de helicóptero que levou João Paulo da casa em que foi atingido, em São Gonçalo, até o Rio de Janeiro.

Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda uma versão exclusiva para o digital.