JR na TV MG: Justiça manda soltar falsa enfermeira suspeita de aplicar vacinas em empresário e políticos

MG: Justiça manda soltar falsa enfermeira suspeita de aplicar vacinas em empresário e políticos

A cuidadora de idosos é investigada por falsificar, corromper ou adulterar produto destinado a fins medicinais

A Justiça determinou a soltura da falsa enfermeira Cláudia Monica Pinheiro Torres de Freitas, suspeita de aplicar vacinas contra o coronavírus em empresários e políticos de Minas Gerais. A cuidadora de idosos cumpria prisão preventiva há quatro dias e foi solta por um habeas corpus. Segundo a Polícia Federal, Cláudia se passou por enfermeira e participou da vacinação clandestina que ocorreu na garagem de uma empresa de transportes, em Belo Horizonte. De acordo com a determinação, a mulher deve manter o endereço atualizado, não pode ter contato com outros envolvidos no caso e não pode deixar a cidade sem autorização.

Últimas