JR na TV Ministério da Saúde é cobrado e promete a governadores 230 milhões de doses de vacinas até julho

Ministério da Saúde é cobrado e promete a governadores 230 milhões de doses de vacinas até julho

Governadores e prefeitos pressionaram o ministro da Saúde e ameaçaram interromper a vacinação nos estados e municípios

Governadores se reuniram nesta quarta-feira (17) com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e cobraram uma agenda mais clara para a distribuição das vacinas. Segundo o governo federal, até julho serão entregues mais de 230 milhões de doses. Em reunião virtual, governadores e prefeitos disseram que as vacinas estão acabando e cobraram do ministério o fornecimento de mais doses. Eles ameaçam paralisar a campanha nacional de vacinação se novas doses não fossem enviadas. Diante dessa pressão, Eduardo Pazuello deixou claro que o ministério da Saúde não vai autorizar a compra de vacinas por entidades privadas, governos estaduais ou municípios. Toda aquisição será feita para o programa nacional de imunização, que já tem um calendário de doses negociadas e compradas pelo governo federal. Até julho, os estados devem receber 231 milhões de doses para garantir a continuidade da vacinação de forma igualitária e gratuita.

Últimas