Ministro Paulo Guedes admite a possibilidade de imprimir dinheiro para conter a crise

Ao reconhecer a calamidade, o ministro Paulo Guedes acenou com a possibilidade de orientar o Banco Central a imprimir dinheiro para financiar a dívida do país. E o governou fechou acordo com o Senado para uma nova proposta de ajuda a estados e municípios. Pela proposta, eles receberiam R$ 60 bilhões divididos em quatro parcelas. O repasse começaria a ser feito imediatamente depois da aprovação no Congresso. O restante seria pago depois.

Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda uma versão exclusiva para o digital.