MP apreende R$ 8,5 milhões em endereços ligados ao ex-secretário de Saúde, Edmar Santos

Os agentes contaram cerca de 7 milhões em cédulas de reais e o restante em dólares, euros e libras esterlinas. A contagem só terminou na madrugada deste sábado (11) e foi preciso usar uma máquina de contar cédulas. O maior volume foi encontrado pelos agentes em um carro na casa de Edmar Santos, na região serrana do Rio. Outro mandado de busca e apreensão foi cumprido no apartamento do ex-secretário de saúde, na zona do sul da cidade, onde ele foi preso. De acordo com o Ministério Público, Edmar Santos é o principal envolvido nas suspeitas de contratos irregulares no combate à covid-19 no Rio de Janeiro.

Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda esta versão que é exclusiva para o digital.