JR na TV MP arquiva inquérito que apurava escândalo dos exames de câncer por amostragem em Pelotas (RS)

MP arquiva inquérito que apurava escândalo dos exames de câncer por amostragem em Pelotas (RS)

Pelo menos três pacientes teriam morrido em razão das falhas de diagnóstico

O caso da possível fraude em exames de pré-câncer aconteceu entre 2014 e 2015, época em que o governador gaúcho, Eduardo Leite, era prefeito da cidade de Pelotas. Um laboratório contratado para fazer exames de câncer em estágio inicial teria realizado os testes por amostragem. Com isso, muitos pacientes não tiveram o câncer diagnosticado. Pelo menos três teriam morrido em razão das falhas. Para surpresa dos pacientes afetados, após três anos da denúncia, o Ministério Público gaúcho decidiu arquivar o inquérito que apurava o caso.

Últimas