MPF estuda ação contra responsáveis por vazamento de óleo no Nordeste

Agentes da Polícia Federal estiveram hoje (01) na sede de duas empresas no Rio de Janeiro: uma agência marítima e uma prestadora de serviços para armadores em caso de derramamento de óleo no mar. Os policiais buscavam mais provas contra os donos do navio apontado como responsável pelo vazamento de petróleo no Nordeste. A embarcação tem bandeira grega. Fotos de satélite tiradas antes e depois do desastre mostraram que a mancha de óleo apareceu quando o navio trafegava pela região.

Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda uma versão exclusiva para o digital.