JR na TV Mulheres no Crime: a cada três detentas, duas respondem por tráfico de drogas

Mulheres no Crime: a cada três detentas, duas respondem por tráfico de drogas

Por causa da Lei de Drogas, de 2006, a população dos presídios femininos teve um aumento explosivo

Atualmente, 37 mil mulheres vivem encarceradas no Brasil. Os motivos que tiraram essas mulheres do convívio familiar e social são muitos. Na maioria das vezes, as drogas. Só no estado de São Paulo, a cada grupo de três mulheres que estão em cadeias e presídios, duas respondem por tráfico de drogas. Começaram por conta do vício ou para ajudar os parceiros que já estavam no crime. Antes, mulheres costumavam parar na cadeia por crimes passionais. Mas, com a Lei de Drogas de 2006, tudo mudou. A população dos presídios femininos teve um aumento explosivo: cresceu seis vezes nas últimas duas décadas. Veja no primeiro episódio da nova série do Jornal da Record, Mulheres no Crime!

Últimas