Novo medicamento desenvolvido na China é mais uma esperança no combate ao coronavírus

Segundo cientistas da Universidade de Pequim, a nova droga seria capaz de acelerar a recuperação dos pacientes e até mesmo imunizá-los temporariamente contra o coronavírus. Os testes agora devem começar a ser feitos em humanos e a expectativa é que exista um remédio disponível no mercado até o fim do ano.

Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda uma versão exclusiva para o digital.