JR na TV Órgãos de defesa do consumidor pedem investigação sobre alta dos preços do kit intubação

Órgãos de defesa do consumidor pedem investigação sobre alta dos preços do kit intubação

Alta de alguns medicamentos chega perto dos 700%

Mais de 1.100 cidades brasileiras dizem estar perto de não conseguir intubar seus pacientes por falta dos medicamentos necessários, além de enfrentar a disparada de preços no último ano. O relaxante muscular Midazolam, por exemplo, saltou de R$ 22, 78 antes da pandemia para R$ 174 agora, um aumento de 663%. Órgãos de defesa do consumidor já pediram ao Cade - Conselho Administrativo de Defesa Econômica - que investigue esses aumentos expressivos.

Últimas