JR na TV Pedreiro é solto depois de 2 anos preso por um crime que não cometeu

Pedreiro é solto depois de 2 anos preso por um crime que não cometeu

O pedreiro Robert Medeiros da Silva Santos, de 20 anos, foi solto depois de ficar 2 anos preso por um crime que não cometeu. O caso chamou a atenção pela sucessão de erros da polícia, do MP e da Justiça. Robert foi acusado de cometer dois assaltos a ônibus em São Paulo. Ele foi reconhecido por apenas uma testemunha, dois meses depois do roubo. A investigação não conseguiu uma única prova de que ele tenha participado do crime.

Últimas