Perseguição deixa um morto e uma pessoa ferida por bala perdida em São Paulo

Um técnico de telefonia morreu e uma cabeleireira de 50 anos está internada em estado grave depois de serem atingidos por tiros, em São Paulo. Eles ficaram no meio de uma perseguição de treze quilômetros entre policiais militares e uma quadrilha de sequestro relâmpago.

Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda uma versão exclusiva para o digital.