PF indicia Luciano Bivar em investigação sobre uso de laranjas em campanha

O inquérito que investiga o uso de candidatos-laranja para desvio de verba partidária foi aberto a pedido do Tribunal Regional Eleitoral. Luciano Bivar, presidente do PSL, e as três mulheres que foram candidatas a Câmara do Deputados pelo partido foram indiciados por omitir declaração ou inserir declaração falsa para fins eleitorais, por apropriação de valor de campanha e por associação criminosa.

Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda uma versão exclusiva para o digital.