JR na TV PF quer ouvir 60 pessoas em inquérito que investiga vacinação clandestina em Minas Gerais

PF quer ouvir 60 pessoas em inquérito que investiga vacinação clandestina em Minas Gerais

Intenção dos investigadores é obter mais informações sobre a vacinação clandestina realizada por uma falsa enfermeira

A Polícia Federal espera ouvir 60 pessoas no inquérito que investiga a vacinação clandestina de empresários e políticos em Minas Gerais até a sexta-feira (9). Claudia Freitas, que aturaria como falsa enfermeira, os dois filhos e o genro são investigados. O esquema teria começado antes da vacinação de 80 pessoas, entre empresários e políticos, na garagem de uma empresa de ônibus.

Últimas