JR na TV PGR denuncia deputado Daniel Silveira ao STF

PGR denuncia deputado Daniel Silveira ao STF

A acusação foi apresentada logo depois de o plenário do STF manter, por unanimidade, a prisão do deputado

A Procuradoria Geral da República denunciou Daniel Silveira ao Supremo Tribunal Federal. A acusação foi apresentada logo depois de o plenário do STF manter, por unanimidade, a prisão do deputado. Relator de dois inquéritos sobre ameaças aos ministros e atos antidemocráticos, nos quais Daniel Silveira é investigado, Alexandre de Moraes afirmou que as declarações do deputado não estão protegidas por imunidade constitucional, e que as condutas criminosas do parlamentar configuram flagrante, o que autoriza a prisão dele. O julgamento durou cerca de quarenta minutos. Não houve debates, os ministros concordaram na íntegra com o voto de Moraes. A acusação foi assinada pelo vice-procurador-geral, Humberto Jaques de Medeiros. Se a denúncia for aceita, Daniel Silveira será julgado pelo próprio Supremo, isso porque ele tem foro privilegiado como deputado federal.

Últimas