PMs acusados de espancar jovens na periferia de São Paulo são soltos

Oito policiais militares acusados de espancar um grupo de jovens na periferia foram soltos nesta segunda-feira (13) pela Justiça Militar de São Paulo. Um dos jovens afirmou que teme por represália. O pizzaiolo foi espancado por 20 minutos e, ao ser levado para o hospital, foi coagido pelos oficias a omitir a origem dos ferimentos. De acordo com a defesa dos policiais, não havia requisitos que justificassem a prisão preventiva dos agentes. Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda esta versão que é exclusiva para o digital.