Polícia descobre que integrantes de facção criminosa trocavam informações sobre autoridades

As investigações duraram um ano e começaram depois que um bilhete com ameaças a uma juíza do Distrito Federal foi encontrado no Presídio da Papuda, em Brasília. A Polícia Civil, com ajuda do Departamento Penitenciário Nacional, descobriu que os criminosos enviaram dados pessoais de delegados e agentes para telefones dentro de presídios.

Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda uma versão exclusiva para o digital.