Inflação

JR na TV Prato feito fica mais caro e pode custar mais da metade do salário mínimo ao fim do mês

Prato feito fica mais caro e pode custar mais da metade do salário mínimo ao fim do mês

As explicações vão desde o clima e até a alta do dólar e do combustível

O prato feito é tradição no almoço dos brasileiros, mas a refeição nunca esteve tão cara. Uma pesquisa da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes mostra que, se comer fora todos os dias, o trabalhador vai gastar 60% do salário mínimo só com o prato feito, mesmo em restaurantes populares. As explicações vão desde o clima e até a alta do dólar e do combustível.

Últimas