Prefeito e procurador são presos no RS em operação que investiga suposto desvio de recursos da saúde

O possível desvio é estimado em R$ 15 milhões. Na operação, um prefeito e um procurador foram presos. Os contratos fraudados são da área de saúde da cidade de Rio Pardo e o prefeito preso é apontado como líder do esquema. Ao todo, 15 pessoas foram presas.

Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda uma versão exclusiva para o digital.