JR na TV Prefeitura do Rio decide usar sedativos de unidades veterinárias para evitar desabastecimento

Prefeitura do Rio decide usar sedativos de unidades veterinárias para evitar desabastecimento

São analgésicos e anestésicos que não são de uso exclusivo em animais

No Rio de Janeiro, a cidade tem estoque de sedativos para intubação para mais três dias. A prefeitura decidiu usar sedativos de unidades veterinárias para evitar o desabastecimento. São analgésicos e anestésicos que não são de uso exclusivo em animais. A Prefeitura também suspendeu todas as cirurgias eletivas por tempo indeterminado e os hospitais filantrópicos concretizaram nesta sexta (16) a primeira importação dos medicamentos do kit. São 320 mil remédios distribuídos entre 13 estados, incluindo o Rio de Janeiro.

Últimas