Presidente Bolsonaro estuda ao menos três nomes para assumir o Ministério da Justiça

O nome mais forte é o do ministro Jorge Oliveira. Seria uma solução caseira: escalar o atual ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência para comandar o Ministério da Justiça e Segurança Pública. Advogado e major da reserva da Polícia Militar do Distrito Federal, Oliveira é homem de confiança do presidente.

Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda uma versão exclusiva para o digital.