JR na TV Presidentes da Câmara e do Senado se reúnem com governo para discutir volta do auxílio emergencial

Presidentes da Câmara e do Senado se reúnem com governo para discutir volta do auxílio emergencial

Conversas avançam e novo auxílio emergencial deverá ser aprovado em breve

Os presidentes da Câmara e do Senado se reuniram nesta quinta-feira (18) com o governo para discutir a volta do auxílio emergencial. Na nova rodada de conversas com os ministros Paulo Guedes, da Economia, e Luiz Eduardo Ramos, da Secretaria de Governo, ficou acertado que já na semana que vem o Senado vai votar o chamado novo marco fiscal com a PEC emergencial, o Pacto Federativo e a cláusula de calamidade que abre espaço para o novo auxílio emergencial. Isso permite que o governo faça um novo endividamento, fora do teto de gastos, para pagar o auxílio emergencial. O novo auxílio emergencial deve beneficiar 40 milhões de brasileiros, a um custo de cerca de 30 bilhões de reais. O valor do auxílio deve ficar entre 250 e 300 reais. O número de parcelas ainda não está fechado, podem ser 3 ou 4.

Últimas