Primeiro paciente infectado tratado com plasma de recuperados tem resultado promissor

Uma mulher de 65 anos, portadora e diabetes e hipertensão, recebeu três transfusões de plasmas de pacientes que já se curaram da covid-19. Apesar de seguir internada, a paciente apresenta melhoras, indicando resultados promissores ao tratamento. O estudo, que conta com 40 pessoas, deve durar mais dois meses.

Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda uma versão exclusiva para o digital.