Procurador-geral da República prepara próximos passos de inquérito que investiga suposta interferência de Bolsonaro na PF

Augusto Aras ainda não definiu se haverá necessidade de novos depoimentos sobre a denúncia feita pelo ex-ministro Sergio Moro. Mas, já é dado como certo que o presidente Jair Bolsonaro responderá aos investigadores por escrito na fase final do inquérito. Cabe ao procurador-geral, Augusto Aras, a decisão de levar a acusação adiante, caso entenda que o presidente tentou interferir na Polícia Federal.

Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda uma versão exclusiva para o digital.