Quadrilha de traficantes de cocaína é presa no Rio Grande do Sul

Mais de 200 policiais civis fizeram buscas em 6 cidades gaúchas e duas catarinenses. O objetivo era desarticular a organização criminosa que, segundo a polícia, era responsável pelo ingresso de 10 toneladas de cocaína, por ano, no Rio Grande do Sul. O grupo comprava veículos de luxo, imóveis e até empresas de fachada para lavar o dinheiro do tráfico. Parte do lucro também era usada para financiar a compra de mais drogas e armas. 9 suspeitos foram presos.

Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda uma versão exclusiva para o digital.