JR na TV Reclamações de barulho aumentam na quarentena e podem parar na Justiça

Reclamações de barulho aumentam na quarentena e podem parar na Justiça

Especialistas recomendam procurar o vizinho para uma conversa amigável. Se não surtir efeito, aconselha-se buscar a atuação do síndico. Para quem mora em casa, é possível recorrer à lei. Em São Paulo, por exemplo, cada região tem um limite de horário e também de barulho medido em decibéis. O morador pode até processar o vizinho, mas é preciso provar que houve exagero. Já o que não é recomendável é tomar qualquer atitude extrema. Confira na reportagem.

Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda esta versão que é exclusiva para o digital.

Últimas