Relatório mostra que Papa João Paulo II sabia de crimes sexuais cometidos por arcebispo

Segundo o relatório, o Papa João Paulo II e outras autoridades do Vaticano foram avisados sobre os supostos crimes de abuso sexual cometidos pelo arcebispo Theodore McCarrick, dos Estados Unidos. Ao invés de investigar as acusações, o ex-Papa ainda promoveu o autor dos abusos, que só foi julgado pelos crimes 17 anos depois, em 2018.