JR na TV Rosa Weber prorroga inquérito que apura suposta prevaricação de Bolsonaro no caso Covaxin

Rosa Weber prorroga inquérito que apura suposta prevaricação de Bolsonaro no caso Covaxin

Marcelo Queiroga deverá enviar a PF em até cinco dias as cópias dos documentos relacionados a esse assunto

A ministra Rosa Weber, do STF, prorrogou por 45 dias o prazo do inquérito por suposto crime de prevaricação contra o presidente Bolsonaro nas negociações da vacina indiana Covaxin. O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, deverá enviar a Polícia Federal em até cinco dias as cópias dos documentos relacionados a esse assunto.

Últimas