JR na TV Secretário de Polícia Civil do Rio de Janeiro pede exoneração

Secretário de Polícia Civil do Rio de Janeiro pede exoneração

Um mês após a promessa do governador Wilson Witzel de entregar todos os hospitais de campanha, só a unidade do Maracanã, na capital, está funcionado. E de forma parcial. O de São Gonçalo, na região metropolitana, chegou a abrir, mas sequer recebeu pacientes. Agora, o estado negocia com um consórcio privado para assumir a gestão das unidades que ainda não foram entregues. No começo da semana, Witzel viu a PF cumprir mandados de busca e apreensão nos endereços ligados a ele. A investigação, autorizada pelo STJ, apura o envolvimento do governador com empresários suspeitos de se beneficiar com contratos na Secretaria de Saúde. Uma situação que também enfraquece o poder político de Witzel. Hoje (30), foi a vez do secretário de Polícia Civil, Marcus Vinícius Braga, pedir exoneração, sem justificar o motivo.

Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda uma versão exclusiva para o digital.

Últimas