Sérgio Cabral, ex-governador do RJ, tenta se beneficiar de decisão do STF para deixar a prisão

O ex-governador do Rio de Janeiro não aparece na primeira lista dos beneficiados pela decisão do Supremo porque existe mandado de prisão preventiva contra ele. No entanto, o advogado dele confirmou que vai tentar usar o resultado da votação de ontem (07) para que Cabral deixe a cadeia. Em Minas Gerais, a justiça do estado soltou Eduardo Azeredo. A defesa do ex-governador mineiro entrou com o pedido de liberdade na vara de execução e o alvará de soltura chegou 6 horas depois. 

Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda uma versão exclusiva para o digital.