JR na TV Servidor do TSE diz que foi exonerado após comunicar falha na exibição de propaganda de Bolsonaro

Servidor do TSE diz que foi exonerado após comunicar falha na exibição de propaganda de Bolsonaro

Alexandre Gomes Machado afirmou que a demissão aconteceu meia hora depois de enviar um e-mail sobre o assunto

Em depoimento dado à Polícia Federal, Alexandre Gomes Machado disse que foi exonerado sem nenhum motivo aparente, 30 minutos após informar por e-mail que uma rádio havia deixado de veicular em sua programação 100 inserções da propaganda eleitoral de Bolsonaro. O Tribunal Superior Eleitoral afirmou por meio de nota que a saída do servidor foi motivada por práticas de assédio moral.

Últimas