Suspeito de atear fogo em morador de rua em São Paulo é preso

Flausino Cândido de Almeida também é morador de rua. Para a polícia, ele ateou fogo em Carlos Silva por vingança. Segundo a defesa de Flausino, além de epilepsia severa, ele também sofre de problemas mentais. O advogado, que já entrou com pedido de revogação da prisão temporária, disse ainda que ele não confessou o crime formalmente aos policiais e ficou calado durante o depoimento.

Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda uma versão exclusiva para o digital.