Suspeito de cometer pelo menos dez estupros em São Paulo é preso no Mato Grosso do Sul

A polícia paulista viajou quase 700 quilômetros para prender Carlos Antônio de Jesus da Silva, de 50 anos, auditor de vendas suspeito de estuprar pelo menos dez mulheres. Ele foi achado na casa de conhecidos, no interior do Mato Grosso do Sul. Ele atraía as vítimas ao oferecer empregos. No fim do dia, a própria filha disse ter sido abusada pelo pai quando tinha 11 anos.