Testes da vacina de Oxford contra o coronavírus são retomados

O Governo de São Paulo anunciou que em dezembro começam as obras da fábrica de vacinas do Instituto Butantã. Em parceria com o laboratório chinês Sinovac, a ideia é produzir as doses da imunização até o segundo semestre de 2021. Já a Atrazeneca recomeçou os testes da vacina desenvolvida em parceria com a Universidade de Oxford. Cerca de 5 mil voluntários de São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador vão participar.