JR na TV TJ-MG entende que polícia teve culpa por feminicídio cometido dentro de viatura 

TJ-MG entende que polícia teve culpa por feminicídio cometido dentro de viatura 

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais condenou a polícia do estado três anos após o caso da mulher que foi assassinada dentro de uma viatura. Laís Andrade Fonseca estava junto com o ex-namorado Valdeci Ribeiro, e ambos estavam a caminho de uma delegacia. Ele tinha uma faca escondida na bota e esfaqueou a mulher até a morte. A Justiça entendeu que era responsabilidade da polícia garantir a segurança da mulher e condenou o Estado a pagar R$ 110 mil em indenização, por danos morais, aos familiares.

Últimas