JR na TV Trotes atrapalham serviços essenciais que salvam vidas em São Paulo

Trotes atrapalham serviços essenciais que salvam vidas em São Paulo

Na maioria das vezes, são adultos que ligam com informações falsas

No Samu, foram mais de 30 mil trotes entre janeiro e setembro deste ano. Outro alvo é o Copom da Polícia Militar, onde há mais de 2.000 trotes por dia. Na maioria das vezes, são adultos que ligam com informações falsas. Dar trote pode render até três anos de cadeia, mas isso exige identificar o autor, abrir um inquérito na Polícia Civil e esperar o resultado de uma ação na Justiça. Uma lei paulista que poderia combater o problema prevê multa automática de R$ 1.000 para quem der um trote num serviço público, mas ela é inconstitucional por se tratar de matéria da União.

Últimas