Trump diz que agiu para evitar guerra, e ONU pede cautela aos líderes mundiais

Segundo o presidente norte-americano, o general Qassem Soleimani, morto num ataque americano, aterrorizou o Oriente Médio durante 20 anos. Segundo o secretário de Estado, Mike Pompeo, Soleimani preparava ataques aos americanos. O porta-voz da ONU leu um comunicado do secretário-geral Antonio Guterres pedindo aos líderes mundiais o máximo de cautela porque o mundo não suportaria outra guerra.

Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda uma versão exclusiva para o digital.