USP desenvolve projeto para vacina em spray contra o coronavírus

O laboratório de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo corre contra o tempo para tentar desenvolver uma vacina diferente, aplicada no nariz. Feita a partir de nanopartículas extraídas de uma substância vegetal, a vacina em spray recebe também uma proteína do vírus. Ao ser aplicada no nariz, a substância se prende às mucosas e produz o anticorpo que vai combater a doença.

Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda uma versão exclusiva para o digital.